Connect with us

Carreira internacional

Salário mínimo na Europa

Salário mínimo na Europa

No continente europeu, 22 países têm salário mínimo fixado por lei. Há ainda alguns que tem uma inconstância, atrapalhando qualquer um padrão de salário mínimo. Devido a politicas especificas de cada nação, é necessário saber mais sobre como funcionam e como estão os impostos para determinar qual seria o salário mínimo. Essas políticas envolvem qualidade de vida e retorno dos impostos à população.

Isso faz com que país na Europa tenha seu salário mínimo definido de acordo com suas necessidades e especificações. O objetivo maior é a segurança e nivelamento social.  Na Europa, os ganhos são estipulados por hora, por dia, semanas ou meses trabalhados. Há exceções como no Reino Unido, onde é determinado a hora e também de acordo com a idade do profissional.

Para te dar uma ideia e uma média de quanto seria. Vamos citar alguns países e seus salários mínimos. Determinados ou não por lei, hoje em dia, a variação de lucros entre o menor e o maior salário mínimo na Europa é abundante oferecendo diferença de mais de 1.760€ entre eles. Confira a seguir o salário mínimo de alguns países.

Bélgica: 1.562,59€

França: 1.480,27€

Romênia: 318,52€

Letônia: 380€

Irlanda: 1.563,25€

Hungria: 412,66€

Lituânia: 380€

Luxemburgo: 1.998,59€

Alemanha: 1.498€

Bulgária: 235,20€

No panorama geral, os salários são bons. Porém lembre-se de ver o custo de vida do país também. São vários fatores a serem analisados para ver se aquele salário mínimo vale a pena ou não.

Tomemos por exemplo, Luxemburgo. Uma pessoa solteira no país tem reduzido seus rendimentos cerca de 400€ por causa de impostos. Ou seja, de um salário mínimo de 1.998€, terá líquido algo em torno de 1.600€. Saiba que salários altos na Europa, não significam riqueza.

Citaremos abaixo países que não possuem salário mínimo. Caso esteja planejando mudar-se para um deles, estude e analise bem se o salário oferecido na vaga de emprego cobrirá todas as despesas com os valores do país. Confira:

  • Dinamarca
  • Itália
  • Áustria
  • Chipre
  • Suécia
  • Finlândia
  • Islândia
  • Noruega
  • Suíça

Outros países europeus não citados acima, aderiram uma metodologia diferente. Os salários são definidos de acordo com cada categoria profissional. No Chipre, o salário mínimo é decidido sobre o piso para cada categoria profissional. Não existindo regra geral para a nação toda.

Para decidir se tal proposta de trabalho é boa, pense nos países europeus não no salário mínimo, mas sim em vista do salário médio. A pergunta é: qual é o salário médio para minha categoria. Na Itália, costuma-se ganhar 1.000€ os profissionais com pouca qualificação, por exemplo. Já outros com diplomas e experiências são recompensados com rendimentos que variam entre 1.850€.

Ao mudar-se para algum desses países, informe-se bem, analise o salário e a cidade onde morará. Assim ficará mais fácil decidir se irá ou não e até mesmo ver se há muitas perspectivas de vida e permanência na região.

Caso você esteja lendo esse artigo e passou por alguma experiência ao trabalhar na Europa, não deixe de compartilhar conosco. Até a próxima!

DICAS EXTRAS

Holiday Visa: Entenda como funciona essa forma de visto

Trabalhar com TI na Irlanda ? Tudo que você precisa saber!

Newsletter Signup

Comments

10 Canais ou Sites Gratuitos para Estudar inglês 10 Canais ou Sites Gratuitos para Estudar inglês

10 Canais ou Sites Gratuitos para Estudar inglês

Idiomas

O QUE É PRECISO PARA MORAR NA IRLANDA O QUE É PRECISO PARA MORAR NA IRLANDA

O QUE É PRECISO PARA MORAR NA IRLANDA?

Carreira internacional

ENTENDA COMO CONSEGUIR O CRITICAL SKILLS NA IRLANDA

Carreira internacional

As 10 leis da Europa que você precisa conhecer antes de viajar As 10 leis da Europa que você precisa conhecer antes de viajar

As 10 leis da Europa que você precisa conhecer antes de viajar

ARTIGOS POR PAÍS

Advertisement
Newsletter Signup

Copyright © 2018 Jawn Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress.

Newsletter Signup